REGISTROS

SLANH

REGISTRO LATINO-AMERICANO DE DIÁLISE E TRANSPLANTE RENAL

COORDENADORES

DR. MARIA CARLOTA GONZÁLEZ BEDAT
DR. WILLIAM ROSA TEN

COMITÊ EXECUTIVO

DR. ALEJANDRO FERREIRO (URUGUAI)

DR. SILVANA FIGAR (ARGENTINA)

DR. JOCEMIR LUGON (BRASIL)

DR. RICARDO SINTRA CESSO (BRASIL)

DR. ROSÁRIO DE LUXO

DRA MARIA LAURA CERETTA

O Comitê de Registro SLANH é responsável pela organização e funcionamento do Registro e se reporta diretamente ao Conselho de Administração da SLANH.

O Comitê é composto pelos Coordenadores, pelo Comitê Executivo e por um responsável por cada membro da Sociedade Nacional.

Na primeira etapa, de 1991 a 2000, a coordenação do RLDTR foi realizada pelo Prof. Nelson Mazzuchi e depois, entre 2001 e 2012, a coordenação ficou a cargo da Dra. Ana María Cusumano.


Os objetivos, a organização, o financiamento, o procedimento de coleta de dados e a metodologia a ser utilizada no seu tratamento.

MISSÃO:

• Conhecer a demografia da população em terapia renal substitutiva e o impacto do tratamento na história natural da doença.
• estabelecer e descrever a evolução dos aspectos organizacionais e de tratamento na América Latina
• Promover a excelência na prestação de cuidados aos doentes com insuficiência renal crónica.

METAS:

• Consolidar um sistema de dados para tratamento de substituição de CRI na América Latina.
• Promover o desenvolvimento de registros nacionais, compatibilizando sua estrutura e funcionamento com o RLADTR.
• Realizar análises bioestatísticas para caracterizar a população e descrever a distribuição dos pacientes segundo variáveis ​​sociodemográficas e modalidades de tratamento.
• Relatar incidência, prevalência, morbidade e mortalidade, considerando variações de acordo com etiologias, modalidades de tratamento e outras variáveis.
• Analisar os dados para aumentar a expectativa de vida, diminuir a morbidade e melhorar a qualidade de vida dos pacientes com insuficiência renal crônica.
• incentivar pesquisas que tenham o registro como ponto de partida
• fornecer os resultados para nefrologistas, administradores de saúde e políticos para tomada de decisão
• Contribuir com a região para o conhecimento universal da prevenção, incidência e evolução da doença.

Na segunda reunião de delegados realizada em novembro de 2002 em Buenos Aires, Argentina, à qual participou como convidado o Dr. Lawrence Agodoa (coordenador da USRDS), concluiu-se que a consolidação da RLADT dependia fundamentalmente:

da consolidação dos registos nacionais
da participação da comunidade de nefrologia através das sociedades nacionais de nefrologia, participação que deve ser ativa no contínuo
redefinição dos objetivos do registro
coleção de dados
disseminação de informação

O RLDTR tem realizado anualmente a tarefa de coleta de dados, que, embora limitada, deve ser considerada a melhor aproximação epidemiológica da DRC na América Latina. Tornou-se assim uma fonte de referência para todos aqueles que desejam informações sobre o tratamento da IRE na América Latina. Seus resultados foram apresentados nos Congressos SLANH, ISN, ASN e EDTA, entre outros, e publicados na Revista Nefrología Latinoamericana e em várias publicações indexadas. Nos últimos anos, juntamente com o Registro ERA-EDTA, organizou o Curso de Introdução à Epidemiologia (EMC), que foi ministrado pela primeira vez em Buenos Aires (julho/2007), e depois na Cidade do México (15º Congresso SLANH, abril/2009) e em Cartagena das Índias (16º Congresso SLANH, abril/2012).

Em seus 20 anos de atividade ininterrupta, a RLDTR promoveu o desenvolvimento de atividades de registro na região, contribuiu para sua divulgação em nível regional e internacional e participou ativamente de atividades voltadas para o conhecimento da Epidemiologia na comunidade nefrológica latino-americana .

Receba comunicações do SLANH

Fique em contato conosco para obter as últimas notícias e ofertas especiais.

Endereço

Cidade do Conhecimento, Edifício Innova 109 - Panamá

Bate-Papo

+ 507 63191992

E-mail

info@slanh.net

PortugueseSpanish